Murilo :P

C++, Computação, Programação, Web e afins :)

Archive for the ‘Cotidiano’ Category

Estou no Google Summer of Code 2010

with 4 comments

Olá pessoal.

Esse ano fui um dos (2^10 + 4) selecionados para passar alguns meses programando nesse evento.

O que é o Google Summer of Code?

O Google Summer of Code (GS0C) é um programa realizado pela Google que consiste em incentivar o e divulgar o software livre entre os estudantes. A filosofia do GSoC é “flip bits not burgers” que é a de incentivar os estudantes em seu período de férias de verão (as nossas férias são no inverno) a programarem, não trabalhar por exemplo em fast-foods como é comum principalmente nos Estados Unidos.

Neste programa, a Google paga aproximadamente 5000 dólares para cada estudante que ao final do programa tenha completado seu projeto.

Funciona assim: os estudantes escolhem uma ou mais organizações de software livre que foram aceitas pelo programa para trabalhar com elas. Aí o estudante tem que propor um projeto para essa organização que pode ser algo do tipo:

  • Implementar uma nova ferramenta
  • Corrigir bugs
  • Documentar código
  • Melhorar o desempenho de alguma ferramenta
  • Portabilizar para alguma(s) plataforma(s)
  • Adicionar features à alguma ferramenta
  • etc.

Feito isso, há uma seleção interna e logo é divulgado no site do GSoC a lista de aceitos.

Em seguida você tem uma pessoa alocada pela organização para te ajudar que chamamos de mentor.

Ao final do programa, além dos dólares a mais, o participante ganhará uma camiseta do programa e, no meu ver o mais importante, o certificado emitido pela Google atestando a sua participação.

Eu no GSoC 2010

Eu escolhi a Boost que é um conjunto de bibliotecas para C++ (com bindings para Python) amplamente utilizada no mundo inteiro. Algumas bibliotecas Boost já foram inseridas no padrão C++ através do TR1 (e algumas outras serão inseridas no próximo padrão) e por isso as bibliotecas Boost sejam talvez as mais respeitadas, digamos assim, bibliotecas para C++.

Minha proposta é implementar algoritmos rápidos para manipulação de dados binários em inteiros. Se você quiser saber como é a “cara” das coisas que terei que fazer, aqui você encontra alguns dos algoritmos que implementarei.

Meu mentor chama-se Vicente J. Botet Escribá que parece ser uma bastante pró-ativa e que saca bastante e que tem um blog com conteúdo bem interessante.

Ah, e parabéns ao Marcos Roriz meu colega de universidade que também teve seu projeto aprovado.

O abstract do meu projeto e do Marcos podem ser acessados aqui.

Até mais!

Written by Murilo Adriano

3 de May de 2010 at 18:29

Regional da Maratona de Programação 2009

with 2 comments

Considerações

Bem, eu ainda não tinha escrito nada sobre a fase regional da XIV Maratona de Programação que ocorreu dia 19 de setembro por falta de tempo e porque não havia recebido as fotos do evento.

O primeiro ponto que quero destacar é a estrutura da regional aqui de Goiânia. Não deixou nada a desejar! Ambiente ótimo, infra-estrutura boa, máquinas, espaço, equipamento, organização. Tenho que parabenizar os professores que organizaram o evento, principalmente os professores Humberto Longo e Cláudio Nogueira do INF-UFG.

Esse ano (2º da regional de Goiânia) participaram 11 equipes de 5 instituições: ALFA (1), IFG-Morrinhos (2), UEG (2), PUC-GO (3) e INF-UFG (3).

Local da competição

Local da competição

Antes…

Na chegada das equipes, pude reencontrar vários amigos, principalmente da PUC-GO e aí os assuntos ficaram em dia (conversamos sobre computação, lógico). O clima estava típico de uma decisão mesmo: em um segunto estávamos conversando e rindo, no outro estávamos tensos e pensativos.

Galera no corredor

Galera no corredor

Antes de começar o warm-up, tivemos uma “mini-palestra” sobre as regras da maratona e de como usar o sistema BOCA e entregas de credenciais, logins/senhas e das plaquinhas que identificam as equipes.

Antes do warm-up

Pré-warm-up

O warm-up foi tranquilo, só pra testes mesmo. Parece que houve um problema no julgamento do problema “Bolhas e Baldes” que posteriormente foi solucionado.

Fim de warm-up, fomos almoçar. Como o campus é uma cidade a parte, quase todo mundo almoçou no mesmo lugar, tendo calculado o menor caminho ou não :).

Começa a maratona e aí vira tensão…

Começa a competição e com 6 minutos, minha equipe (UFG – Monkeys) recebe o primeiro AC da competição: problema B – “Alarme”, Carlitos na implementação. Não sei dizer mas acho que esse foi um dos balões mais rápidos do Brasil.

Não demorou e nossa principal rival, a PUC-GO – Mother Focas, e a UFG – Sobrevientes do RU conseguiram também seus balões amarelos.

Os Focas

Os Focas: Jackie, Divinera e Marciano

Até os 3 primeiros balões nós lideramos com uma certa vantagem no tempo. O problema foi quando os Focas conseguiram o quarto balão e nós não. Aí bateu aquele “caramba, agora fodeo!”. Aí focamos no problema (que por sinal era muito simples) e mandamos… Recebemos um NO bem grande e aí bateu o desespero. Consegui achar a lógica, conferi com meus colegas a corretude e, finalmente YES! Na hora olhamos para o Score que estava num telão na nossa frente e vimos que tinhamos passado os Focas (na verdade olhei o score mesmo assim deu um branco não saquei nada e tive que perguntar a nossa posição pra minha equipe [sic]).

Alguns balões

Alguns balões

Ficamos focados no problema G – “Registrador” e perdemos tempo, muito tempo [sic²]. Quando vimos, tinham 6 equipes com 4 balões, aí de novo bateu o pensamento “fodeo”…

No freeze, conseguimos formular um algoritmo pro E – “Dragster” mas aí já era tarde… Estávamos exaustos e não conseguimos codificá-lo. Enquanto isso, eu estava tentando ter a sacada do F – “Torres de Celular” (pô, tava na cara e eu não enxerguei). E o freeze-time foi isso: Diego e Carlos no Dragster (esse dava hein) e eu tentando algo no Torres de Celular.

Nosso quarto balão

Nosso quarto balão. Monkeys: Murilo, Carlos e Diego

A cada vez que nós víamos alguem teclando algo no freeze, dava um frio na barriga. Tentamos fazer uns “cortes” no registrador e mandamos várias outras vezes.

Score Final

Por um problema na rede (ou de juízes engraçadinhos), o score final demorou uma eternidade após a competição a ser apresentado a nós (aproximadamente 4min e 30seg). Anunciado o vencedor, só alegria.

Comemoração

Comemoração

Mais algumas fotos

PUC-GO Bit a bit

PUC-GO Bit a bit: Douttor, Mauricinho e Loos

UFG - Sons of a Bit

UFG - Sons of a Bit: Nemo, Will e PC

UFG - Sobreviventes do RU

UFG - Sobreviventes do RU: Everton, Will e Lup

dsc08344

A única competidora

A única competidora, o japa e o barba

Os melança

Os melança

Premiação

É… teve premiação com direito a reitor e tudo mais. Auditório cheio e prêmios para os vencedores 🙂

As três primeiras equipes ganharam camisetas geeks, medalhas e trófeus além de um livro (alguns dos prêmios concedidos pela SistemasAbertos).

Nós da Monkeys ganhamos uma camiseta personalizada da Maratona de Programação, como essa abaixo do Longo branca.

3º Lugar - UFG - Sons of a Bit

3º Lugar - UFG - Sons of a Bit e o coach Humberto Longo

2º Lugar - PUC-GO - MotherFocas

2º Lugar - PUC-GO - MotherFocas, pró-reitora de graduação e o coach Alexandre

1º Lugar - UFG - Monkeys

1º Lugar - UFG - Monkeys, coach: Humberto Longo e o reitor

MONKEYS

MONKEYS

E agora…

Final Nacional em Campinas

Final Nacional em Campinas

Rumo a Tóquio, ops, Harbin na China!! 🙂

Ballon Face

O scoreboard, clarifications e etc podem ser visualizados aqui.

Written by Murilo Adriano

9 de October de 2009 at 22:31

Trabalho Em Equipe

with one comment

Pessoal não ando postando algo aqui porque estou muito sem tempo mesmo. Meu time (UFG – Monkeys) passou para a final nacional da maratona de programação, as matérias do período estão bastante árduas e comecei a estagiar na universidade por isso a falta de tempo.

Encerro esse post com uma imagem que achei na grande rede sobre trabalho em equipe:
Trabalho em Equipe

Esse é o caminho 🙂

Written by Murilo Adriano

9 de October de 2009 at 13:58

Posted in Cotidiano

Tagged with ,

Troquei o Ubuntu 8.10 pelo openSUSE 11!

with 13 comments

geekoOlá galera!

Este post é só pra dizer o tanto que fiquei magoado com o Ubuntu 8.10 e que resolvi mudar.

Fui usuário do Ubuntu um bom tempo. Desde o 6.10 eu o usava e abusava dele. Só que de lá pra cá algumas coisas me deixaram “cabreiro” com o Ubuntu.

A primeira coisa é o péssimo suporte ao plugin do flash. Muito lento, trava demais, fecha.

A segunda coisa é o baixo desempenho. Uma lerdeza! O sistema ficava muito instável com algumas aplicações.

A terceira reclamação é sobre a atualização. Lembro-me que quando fui atualizar o Ubuntu do 7.10 para o 8.04, nossa, quanto sofrimento, e agora ocorreu o mesmo ao atualizar do 8.04 para o 8.10. O sistema inicia com som só quando quer, o X às vezes dá “tilt”, não tem mais suporte à algumas placas de vídeo que antes tinha (inclusive a minha dinossaura NVidia GeForce MX 440). Pra mim foi a gota d’água!

Resolví respirar novos ares.Cheguei a baixar o Debian mas, por influência do Fred (meu colega de faculdade) que por coincidência estava com o DVD do openSUSE no dia e hora certa, acabei instalando o openSUSE no notebook e baixei o LiveCD do openSUSE para meu PC desktop (o blacksheep :)) porque minha unidade de DVD estragou.

A instalação do openSUSE foi tranqüila. Com uma interface bastante amigável e agradável, a instalação foi muito simples. Se não fosse pelo fato de eu ter escolhido o tamanho de Swap e algumas opções mais “avançadas”, eu diria que qualquer pessoa com o mínimo de domínio sobre o computador poderia ter instalado.

Escolha do Gerenciador de Janelas

Instalação do openSUSE: Escolha do Gerenciador de Janelas

Escolhi o KDE4 (foi uma dor abandonar o GNOME de tanto tempo) para ver como é que é. Admito que gostei! Bastante leve com muitos recursos e bem bonito.

Curti bastante o YaST2 que torna a configuração do openSUSE bem simples. Gostei também do 1-Click Install que é uma maneira fácil de instalar software no openSUSE.

Por enquanto não tive problemas com drivers de hardware. O SO reconheceu tudo direitinho.

Agora é só esperar… O tempo irá dizer se foi uma boa escolha ou não.

Regards!

Written by Murilo Adriano

20 de November de 2008 at 02:36

Posted in Cotidiano, Linux

Tagged with ,

Maratona de Programação 2008, eu participei!

with 2 comments

Participei das regionais da Maratona de Programação na sede de Goiás que foi na UFG. O desempen ho de minha equipe não foi tão bom quanto o esperado

Maratona

mas valeu pela experiência e pela participação.

A competição começou lá pelas 10h com o warm up (aquecimento) com dois probleminhas super fáceis onde minha equipe (UCG Caverna do Dragão) venceu.  Foram 9 problemas onde quem acertasse mais e tivesse menos penalização por tempo venceria. Participaram da maratona na sede de Goiás 3 instituições totalizando 7 times a UCG com 3, a UFG e UEG com 2 times cada.
Após o almoço, às 14h começou pra valer! O que começou num clima de descontração logo deu lugar à uma concentração…
Nem ví e 5 horas se passaram e ocorreu o término.
Travei em um problema fácil… Poderíamos ter saído melhor.
O resultado final, fotos e estatísticas podem ser visto em http://www.inf.ufg.br/maratona/#Resultado
Mais sobre a maratona pode ser visto no blog do meu colega Leonardo Nunes, que também participou: http://leonardonunes.wordpress.com/2008/09/21/xiii-maratona-de-programacao/
^^

Written by Murilo Adriano

25 de September de 2008 at 01:58